4 dicas para não esfriar sua motivação

Geralmente quando o inverno chega, a sua motivação congela:

Embora você tenha criado metas e esteja matriculado em alguma academia, precisará de mais estratégias para vencer os dias frios e manter a motivação.

Afinal, quando se trata de se exercitar, temos dois extremos:
– Aqueles que sabem que DEVEM estar se exercitando, mas na verdade não querem
– E, aqueles que fazem do exercício uma parte integrante da vida cotidiana.

No entanto, a maioria de nós está em algum lugar bem no meio desses extremos.

O segredo para ficar em forma e ter uma vida saudável é a motivação.

Isso não é segredo para ninguém! Mas para se manter motivado é preciso cimentar o hábito da aptidão e criar uma mudança no seu estilo de vida.

Você não deve praticar exercício com a mente do “TENHO que praticar”, mas sim, “QUERO praticar”.

Afinal, ser e permanecer ativo é vital, tanto para nossa saúde física quanto mental.

Isso é comprovado por pesquisas realizadas pela Les Mills International onde mostrou que, quando se trata de estabelecer o hábito físico para longo prazo, existem três fatores principais:

1-

Assuma o controle de seu treino:

Faça um planejamento de etapas para gerir ativamente a duração e a intensidade de seu treinamento.

Nesse momento, a frequência é mais importante do que a intensidade.

Torne seu treino um hábito dentro de suas capacidades.

Com certeza os professores da Les Mills irão te inspirar a dar o seu melhor a cada aula e você se sentirá motivado a progredir a cada aula.

2-

Escolha coisas que você pode fazer e que o faça se sentir bem:

Competência relaciona-se com a confiança que sente na sua capacidade de completar o exercício.

Este é um fator chave para ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos.

Se você sente que algo está fora de suas capacidades físicas – ou simplesmente não é você – é bem provável que se sinta desmoralizado e desista no primeiro obstáculo.

Para manter sua confiança alta quando você começa a se exercitar, é importante celebrar as vitórias imediatas.

Concentre-se nos ganhos que ocorrem logo que você se torna ativo, como por exemplo: níveis de energia aumentados, menos estresse em seu dia a dia, melhora na qualidade do sono.

3-

Mantenha o social:

Se exercitar com outras pessoas torna tudo mais fácil, seja com um treinador pessoal, um amigo ou participando de uma aula coletiva.

Em primeiro lugar, há o compromisso com outra pessoa: Você fica mais propenso a abandonar seu treino quando está sozinho.

Enquanto nas aulas de ginástica coletiva há o fator “efeito do grupo”: Esse sentimento de coesão que ocorre quando todos estão se movendo ao mesmo tempo, faz com que você se sinta conectado aos outros durante seu treino, o que melhora sua satisfação e desejo de continuar.

Dica de ouro para engatilhar a sua motivação:

Que tal começar a sua prática de atividade física com o SH’BAM™?

Com certeza você vai se contagiar pela energia da dança!

O SH’BAM™ te permite treinar de um jeito totalmente descontraído e imensamente viciante, pois trate-se de uma aula que mistura movimentos simples e ousados, com as músicas do momento, transformando seu momento em uma festa.

Absolutamente qualquer pessoa, de qualquer idade ou nível de aptidão física pode fazer o SH’BAM™. Mesmo que você acha que não pode, ao fazer a primeira aula verá que pode sim, afinal, não é preciso ter nenhuma experiência com a dança, apenas a vontade de se divertir e se exercitar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close